Governo Trump encerra política de maconha imposta por Obama

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O procurador-geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions, anunciou nesta quinta-feira (04/01) a anulação da política imposta pelo ex-presidente Barack Obama de desencorajar processos contra o mercado de maconha nos estados onde a erva foi legalizada.

Autorizada por Donald Trump, sucessor do democrata, a medida é uma “declaração de guerra” contra a liberalização da cannabis, cuja venda, compra e posse é proibida por leis federais.

As diretrizes da administração Obama “criaram um porto seguro para o setor da maconha operar nesses Estados e… há uma crença de que é inconsistente com o que a lei federal diz,” afirmou uma autoridade do Departamento de Justiça norte-americano a jornalistas, ao se referir a Estados que legalizaram a maconha.

Durante a “era Obama”, a estratégia da pasta era desencorajar ações que interferissem na venda de maconha nos estados onde ela foi liberada.

 

Com informações de: (1) (2)

 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.