Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Trump nomeia primeira mulher negra como General de Brigada

COMPARTILHE

Pentágono abriu para as mulheres todos os trabalhos militares das Forças Armadas há três anos.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez história na terça-feira (10) ao nomear a primeira mulher negra para servir como General de Brigada do Corpo de Fuzileiros Navais, conforme anunciado pelo Secretário de Defesa Jim Mattis.

Se confirmado, a Coronel da Marinha Lorna M. Mahlock será a primeira mulher negra a servir como brigadeiro-general do Corpo de Fuzileiros Navais, o menor dos quatro ramos militares dos Estados Unidos.

Atualmente, Mahlock atua como vice-diretora de Operações, Planos, Políticas e Gestão de Operações na sede do Corpo de Fuzileiros Navais em Washington, Distrito de Colúmbia.

As mulheres constituem 8% dos membros do serviço de fuzileiros navais, mas é provável que esta percentagem aumente, declarou para a ABC News o general Glenn Walters, assistente do comandante do Corpo de Fuzileiros.

O Pentágono abriu para as mulheres todos os trabalhos militares das Forças Armadas há três anos.

Brigadeiro-general é uma alta patente do Corpo de Fuzileiros Navais, o sexto de nove patentes da estrutura dos oficiais, e é representado por uma estrela. Existem três patentes mais elevadas: major-general, tenente-general e general.

 

Com informações de: [ET]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE