- PUBLICIDADE -

Trump quer Obama interrogado no Senado por espionagem

- PUBLICIDADE -

Obama é “a primeira pessoa que eu chamaria para testemunhar sobre o maior crime e escândalo político da história dos EUA”, diz Trump.

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, pediu ao Senado Federal, nesta quinta-feira (14), que investigue seu antecessor, Barack Obama.

Trump defende a investigação de Obama por causa da suposta participação do ex-presidente e de integrantes do seu governo no Obamagate, um esquema de espionagem eleitoral. Saiba mais aqui.

O “Obamagate”, que faz alusão ao escândalo de Watergate que levou o presidente republicano Richard Nixon a renunciar à Casa Branca em 1974, baseia-se no fato de que o governo Obama utilizou um dossiê falso para criar a narrativa de que Trump era um aliado da Rússia, abrindo a possibilidade da campanha republicana ser investigada pelas agências de inteligência do país.

Além disso, após a vitória de Trump em 2016, este grupo liderado por Obama teria passado a atuar em paralelo para arruinar o novo governo.

“A primeira pessoa que eu chamaria para testemunhar sobre o maior crime e escândalo político da história dos EUA, de longe, é o ex-presidente Obama”, disse Trump.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -