Português   English   Español

Trump abre caminho pra reforma migratória e construção do muro

A Casa Branca propôs nesta quinta-feira ao Congresso um plano para reformar o sistema migratório que abre caminho para naturalizar até 1,8 milhão de jovens imigrantes, ao fim de um processo de 10 a 12 anos.

Essa proposta, que beneficia principalmente os imigrantes que chegaram ao país na infância, põe fim ao sorteio de vistos de residência e suspende a chamada “migração em rede” ou reunificação familiar, que ficará limitada a cônjuge e filhos menores de idade.

O plano da Casa Branca consiste em “dar status legal aos beneficiários do Daca e a outros imigrantes que poderiam ser elegíveis, ajustando o período de aplicação para abarcar 1,8 milhão de indivíduos aproximadamente“.

Além destas medidas acima, de acordo com informações do Correio Braziliense:

A Casa Branca apresentou nesta quinta-feira (25/1) uma proposta a ser enviada ao Congresso que pede a aprovação de 25 bilhões de dólares para a construção do controverso muro na fronteira com o México.

Os Estados Unidos “devem ter as ferramentas para deter a imigração ilegal e a capacidade de deportar indivíduos que entraram ilegalmente”, disse uma alta fonte da Casa Branca ao anunciar a proposta.

 

Com informações de: [EM]
Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Deixe seu comentário...

Veja também...