Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Trump sugere que Epstein pode ter sido morto na prisão

Trump sugere que Epstein pode ter sido morto na prisão
COMPARTILHE

Epstein foi um dos maiores predadores sexuais da história dos EUA.

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, levantou a possibilidade de o bilionário Jeffrey Epstein ter sido morto na cela em que cumpria prisão.

Epstein, que morreu aos 66 anos, era gerente de um fundo de investimento e um dos maiores predadores sexuais da história norte-americana.

Ghislaine Maxwell, parceira de Epstein acusada de tráfico sexual de crianças, está aguardando julgamento em uma prisão de Nova York.

Recentemente, Trump disse desejar o melhor para Maxwell em seu passeio pela prisão, como noticiou a RenovaMídia.

Nesta terça-feira (4), ao ser questionado sobre o assunto em entrevista coletiva, segundo o portal UOL, o chefe da Casa Branca esclareceu:

“O amigo ou namorado dela foi morto ou cometeu suicídio na prisão. Ela [Maxwell] está agora na prisão. Então, sim, desejo o melhor para ela. Eu desejo a você bem, desejo a muita gente. Boa sorte. Deixem provar que ela é culpada.”

Epstein foi acusado de tráfico sexual de menores em julho de 2019 e teria cometido suicídio um mês depois em uma prisão de NY, onde aguardava julgamento. No entanto, há muitos que acreditam em uma queima de arquivo.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários