Português   English   Español

Trump torna público documentos relacionados à investigação russa

Trump Estado Profundo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou nesta segunda-feira (17) tornar público imediatamente uma série de documentos confidenciais a respeito do início da investigação sobre a suposta influência da Rússia na eleição de 2106.

Os documentos explicam como a comunidade de inteligência e de aplicação da lei abriram a investigação que terminou com a campanha republicana de Donald Trump sendo alvo dos serviços de vigilância das agências federais.

Trump ordenou que mais de uma dúzia de páginas de um mandado federal usado para obter uma escuta secreta em um de seus ex-conselheiros, Carter Page, fosse tornada pública, assim como todas as entrevistas que foram feitas para obter esse mandado.

O presidente dos Estados Unidos também ordenou que as mensagens de texto do alto escalão do Departamento de Justiça e dos funcionários do FBI fossem divulgadas sem edições.

Esses funcionários incluem o ex-diretor do FBI James Comey, o ex-vice-diretor Andrew McCabe, o ex-agente do FBI Peter Strzok, a ex-advogada do FBI Lisa Page, e o oficial do Departamento de Justiça Bruce Ohr. Todos estavam envolvidos no procedimento que deu início a investigação da interferência russa nas eleições de 2016.

O procurador especial Robert Mueller está investigando se os associados de Trump conspiraram com os esforços da Rússia para interferir na eleição. Trump negou conluio e diz ser alvo de um ataque de membros do ‘Estado Profundo’, alinhados com a agenda política do ex-presidente Barack Obama.

Adaptado da fonte Estado de Minas

Deixe seu comentário

Veja também...