Trump volta a denunciar injustiça no financiamento da Otan

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a afirmar nesta segunda-feira (9) que o sistema de financiamento da Otan, no qual o país americano é o maior contribuinte, “não é justo e nem aceitável”.

A declaração foi feita através da conta pessoal de Trump no Twitter, faltando apenas dois dias para a realização da cúpula de líderes da organização, que acontecerá em Bruxelas.

Os Estados Unidos estão gastando muito mais na Otan do que qualquer outro país. Isto não é justo e nem aceitável. Apesar destes países terem aumentado suas contribuições desde que assumi o cargo, devem fazer muito mais.

Donald Trump chegará na noite de terça-feira (1) a Bruxelas para participar nos dois dias seguintes na cúpula de líderes da Otan, antes de viajar para o Reino Unido e concluir a excursão europeia em 16 de julho em Helsinque, onde se reunirá com o líder russo, Vladimir Putin.

No tuíte, o presidente americano criticou que a Alemanha destine unicamente 1% de seu PIB nacional à despesa em defesa dos membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), enquanto os Estados Unidos, segundo Trump, contribuem com 4% de seu PIB.

Além disso, disse que a Otan “beneficia muito mais” a Europa do que os Estados Unidos, que “está pagando 90%” das contas desta aliança militar intergovernamental.

Embora Trump tenha moderado sua posição desde a chegada à Casa Branca, manteve duras críticas contra os membros da Otan que não chegam ao compromisso de despesa em defesa de 2% do Produto Interno Bruto (PIB).

Com informações do BOL

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.