PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TSE alerta que voto impresso aumentaria risco de fraudes

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Voto impresso pode colocar “integridade das eleições sob suspeita”, diz TSE.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Um novo alerta foi emitido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre a possível aprovação da PEC do Voto Impresso pelo Congresso Nacional

Em resposta a uma reportagem publicada pelo jornal Folha, o Tribunal afirmou que a “impressão de registro do voto após a votação na urna eletrônica iria reintroduzir a intervenção do homem nas fases mais críticas do processo”.

TSE ainda afirmou que o transporte e a armazenagem de milhões de comprovantes de votos traria um enorme risco de fraude na eleição do Brasil:

“Nesse sistema, teríamos 150 milhões de votos em papel que, após a votação, ficariam armazenados em urnas plásticas, a serem transportadas, armazenadas em local seguro e vigiadas 24 horas por dia durante meses e, depois, contadas manualmente.”

Atualmente, a auditagem das urnas eletrônicas no Brasil só se faz em cima dos registros eletrônicos, isto é, não há um comprovante que não seja dependente do software.

No entanto, apesar da situação, o TSE afirma que o voto impresso, na realidade, aumentaria a possibilidade de fraudes:

“Na urna eletrônica, o conjunto dos votos é assinado digitalmente uma única vez a cada voto adicionado, o que garante sua integridade e autenticidade, sem permitir que qualquer voto seja adicionado ou removido.”

O Tribunal completou:

“No caso do registro em papel, a fraude é mais simples. Basta, a qualquer tempo durante o transporte, a custódia ou a contagem, suprimir ou acrescentar um registro impresso, ou subtrair a própria urna plástica. Depois, solicitar a auditoria dessa mesma urna com votos impressos. Isso seria suficiente para colocar toda a integridade das eleições sob suspeita.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.