Português   English   Español

TSE apura se hackers invadiram sistema do TSE antes da eleição

TSE apura se hackers invadiram sistema do TSE antes da eleição

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apura se hackers invadiram o sistema interno da Justiça Eleitoral e obtiveram dados sigilosos no período pré-eleitoral.

Os invasores teriam entrado de maneira remota em equipamentos ligados à rede do TSE e tido acesso, entre outras informações, a documentos sigilosos e ao login do ministro substituto Sérgio Banhos e do chefe da tecnologia da informação do TSE, responsável pelas urnas eletrônicas, Giuseppe Janino.

A denúncia foi publicada no site TecMundo – especializado em tecnologia – na noite desta quarta-feira (7) e reproduzida em matéria da Renova Mídia na manhã desta quinta-feira (8).

De acordo com informações do portal jurídico JOTA:

Por meio de nota, o TSE disse que recebeu um e-mail indagando sobre a ocorrência de um eventual vazamento” e que, em “decorrência disso, a Presidência do TSE está tomando todas as medidas possíveis”.

Mas, questionado sobre qual código foi vazado, em qual data, se isso ocorreu durante as eleições, entre outras perguntas, o TSE não se pronunciou.

Nos bastidores, a Corte estuda se irá instaurar um processo administrativo disciplinar para apurar se houve o vazamento de alguma informação ou se algum profissional da Corte falhou no sistema de segurança.

 

Deixe seu comentário

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter