PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TSE dá 15 dias para Bolsonaro apresentar provas de fraude

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Ministro do TSE dá 15 dias para Bolsonaro apresentar evidências de fraude em eleições.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O ministro Luís Felipe Salomão, corregedor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deu um prazo de 15 dias para o presidente Jair Bolsonaro explicar as declarações sobre supostas fraudes nas eleições de 2018

Bolsonaro alega que deveria ter vencido as eleições em primeiro turno, mas, devido a uma manipulação, a disputa foi para o segundo turno.

A Corregedoria reuniu seis declarações de Bolsonaro desde as eleições de 2018. A fala mais recente citada é do último dia 9, em um evento religioso.

Com base na declaração do chefe do Executivo, um procedimento administrativo foi instaurado para apurar a existência ou não de elementos concretos que possam ter comprometido os pleitos de 2018.

Ao determinar a apuração, Salomão afirmou que a credibilidade das instituições eleitorais “constitui pressuposto necessário à preservação da estabilidade democrática e a manutenção da normalidade constitucional”. 

O objetivo, de acordo com o TSE, é aperfeiçoar o sistema para as eleições de 2022.

Além das declarações do próprio presidente, o procedimento de apuração foi aberto com base em comentários de Cabo Daciolo, candidato derrotado a presidente em 2018, e do deputado estadual Castello Branco de Luca sobre suposta fraude. 

Ambos também serão notificados a prestar esclarecimentos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.