Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

TSE decide se Aliança pelo Brasil pode usar assinaturas digitais

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
TSE decide se Aliança pelo Brasil pode usar assinaturas digitais

Uma decisão favorável do TSE faria com que a formação da Aliança pelo Brasil acontecesse em trinta dias, diz Bolsonaro.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) analisa, nesta terça-feira (26), se assinaturas digitais podem ser utilizadas para comprovar o apoio popular mínimo exigido para registrar um novo partido no Brasil.

A Aliança pelo Brasil, nova legenda do presidente da República, Jair Bolsonaro, quer usar a tecnologia para apresentar as 500 mil assinaturas necessárias para poder disputar a eleição de 2020.

Na última semana, como noticiou a RENOVA, o Ministério Público Eleitoral (MPE) posicionou-se contra esta possibilidade. O órgão afirmou que, apesar de ser lícito, não seria possível conferir a autenticidade das assinaturas.

Ainda nas semana passada, Bolsonaro disse que uma decisão favorável do TSE sobre assinaturas eletrônicas faria com que a formação do partido acontecesse em um mês.

“Se não for, vai demorar aí alguns meses. Longos meses. Se passar só para biometria também ajuda, que eu acho que a maior parte dos eleitores estão na biometria, aí se resolve isso aí”, acrescentou Bolsonaro.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias