Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

TSE deve julgar pedido do Partido Nacional Corinthiano

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
TSE deve julgar pedido do Partido Nacional Corinthiano

Um pedido semelhante do PNC foi rejeitado pela Justiça em Eleitoral no ano de 2015.

O pedido de registro do Partido Nacional Corinthiano (PNC) pode ser julgado novamente neste segundo semestre de 2019 pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O relator do processo é o ministro Jorge Mussi. Ele pode incluir o processo na pauta ou também pedir novos documentos aos solicitantes.

Os dirigentes do futuro partido pediram a inclusão da solicitação de registro na pauta do plenário do TSE no mês de maio, mas Mussi ainda não respondeu.

O Partido Nacional Corinthiano não tem vínculos com Sport Club Corinthians Paulista e nem com a torcida organizada do time de futebol, como admite o próprio secretário nacional da possível futura legenda, informa o site Congresso em Foco.

Marcelo Mourão, secretário nacional da legenda, aponta que o vínculo é o que ele e os demais fundadores do PNC chamam de ‘corinthianismo’, inspirado no movimento que ficou conhecido como democracia corinthiana, nos anos 1980.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias