Português   English   Español

TSE manda produtores de Roger Waters apresentarem defesa

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

TSE manda produtores de Roger Waters apresentarem defesa em ação de Bolsonaro contra Haddad.

O ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou que os produtores do show de Roger Waters apresentem suas defesas na ação proposta pela coligação do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) que pede a inelegibilidade do adversário, Fernando Haddad (PT).

De acordo com a coligação de Bolsonaro, houve propaganda irregular em favor do petista durante shows do cantor, conforme noticiou a Renova Mídia.

Segundo a ação, Roger Waters fez um “gigantesco show” em São Paulo, no qual veiculou no telão a mensagem “#ELE NÃO”, que se tornou “instrumento de campanha negativa contra o candidato Jair Bolsonaro”. Além disso, diz que houve manifestações políticas em shows em Brasília e Minas Gerais.

A ação pede que Haddad e a candidata a vice, Manuela D’Ávila (PCdoB), sejam declarados inelegíveis por oito anos.

O ministro determinou que os produtores do show e os candidatos apresentem suas defesas. Após a análise, o relator pode decidir se dá prosseguimento ou não à investigação.

 

Adaptado da fonte G1

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...