Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

TSE não compra tentativa da oposição de criar um ‘terceiro turno’

TSE não compra tentativa da oposição de criar um 'terceiro turno'
COMPARTILHE

Até o momento, a tentativa de criar um “terceiro turno” das eleições fracassou no TSE. Das cinco ações arquivadas, duas miravam a chapa de Bolsonaro e Mourão.

Desde o fim da campanha de 2018, a Corte Eleitoral já arquivou cinco ações que apuravam suspeitas de irregularidades nas campanhas do agora presidente da República, Jair Bolsonaro, e de seu adversário no segundo turno, Fernando Haddad.

No segundo semestre deste ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deverá julgar pelo menos mais três ações envolvendo a disputa presidencial de 2018 – duas contra Bolsonaro e uma contra Haddad.

Integrantes do TSE ouvidos reservadamente pelo jornal Estadão afirmaram que as apurações não levantaram provas suficientes nem para a cassação do presidente da República e de seu vice, Hamilton Mourão, nem para declaração de inelegibilidade de Haddad.

As investigações consideradas mais delicadas contra Bolsonaro e Mourão, envolvendo o suposto disparo de mensagens em massa no WhatsApp, encontram-se em estágio incipiente e podem não ser analisadas pelo plenário neste ano.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE