Português   English   Español

TSE nega direito de resposta a Jair Bolsonaro na revista Veja

Candidato questionou publicação que trouxe relatos de sua ex-mulher.

Por maioria de votos, o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou a Jair Bolsonaro direito de resposta contra a revista Veja. A decisão ocorreu durante sessão de julgamentos realizada na manhã desta quinta-feira (25).

Na oportunidade, os ministros julgaram pedido do candidato à Presidência da República para ter espaço na revista com manifestação sua a respeito de reportagem que trouxe relatos de sua ex-mulher, na edição do dia 3 de outubro.

A defesa de Bolsonaro alegou invasão de privacidade, uma vez que o processo sobre seu divórcio – que serviu de fonte para a reportagem da revista – tramitava em segredo de justiça no âmbito do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). Segundo os advogados, os jornalistas não poderiam ter divulgado os relatos existentes nos autos.

Já a defesa da revista Veja informou que o caso não tramitava em segredo de justiça quando os repórteres tiveram acesso ao processo. O advogado da publicação disse ainda que o rito foi seguido conforme exige o protocolo, com requerimento feito diretamente na página de internet daquele tribunal, que deferiu, em seguida, a retirada de cópia do processo.

 

Adaptado da fonte TSE

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...