- PUBLICIDADE -

TSE pode cassar tempo de TV do Partido dos Trabalhadores

- PUBLICIDADE -

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pode cassar o tempo de TV do Partido dos Trabalhadores (PT), previsto para ir ao ar a partir do dia 31, até que o partido indique o substituto de Lula caso ele seja impugnado nessa data.

“A tese, no entanto, divide a corte”, afirmou Mônica Bergamo em sua coluna na “Folha”.

Um dos ministros ouvidos pela jornalista afirma que apenas as legendas que têm candidato a presidente podem dispor de tempo para fazer propaganda eleitoral.

Se o PT, depois de uma sentença confirmando a impugnação da candidatura de Lula, recorrer e insistir com o nome do presidiário, deve ficar fora do ar até oficializar o plano B.

A insistência da legenda, diz o magistrado, não pode “virar fraude”.

Já outros ministros acham a tese discutível. Eles argumentam que o tempo é das agremiações partidárias e que elas fazem com ele o que quiserem.

Advogados temem que o TSE casse o programa —o que obrigaria Lula a jogar logo a toalha e a sacramentar o substituto. A TV é considerada essencial para que o partido tenha competitividade eleitoral.

 

Com informações da Folha
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -