TSE quer convocar para depor Bolsonaro e ministro da Justiça

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

TSE quer convocar Bolsonaro e o ministro da Justiça a depor.

Além do presidente Jair Bolsonaro, o TSE quer convocar a depor no inquérito administrativo aberto, nesta segunda-feira (2), o coronel da reserva Eduardo Gomes e Anderson Torres, ministro da Justiça e da Segurança Pública.

Gomes apresentou vídeos e informações sobre as urnas eletrônicas em live de Bolsonaro nas redes sociais em defesa do voto impresso auditável.

Já o ministro Torres corroborou os alertas feitos pelo presidente.

A investigação aberta pelo TSE pode fazer com que os envolvidos se tornem inelegíveis.

Responsável pela investigação, o ministro Luis Felipe Salomão, corregedor-eleitoral, ainda avalia convocar outros integrantes do governo, especialmente os assessores mais próximos de Bolsonaro.

Além de criar o inquérito, como noticiou a Renova, o TSE também enviou a live para o Supremo Tribunal Federal (STF), onde ocorre o controverso inquérito das fake news. O relator é o ministro Alexandre de Moraes.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.