TSE sugere adiamento das eleições por algumas semanas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Sugerimos adiar por algumas semanas. Mas a decisão é do Congresso”, diz Barroso.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, afirmou, neste domingo (14), que é hora de definir os impactos da pandemia de coronavírus no calendário das eleições municipais de 2020.

Em entrevista¹ recente, Barroso antecipa os planos do TSE, que preveem o adiamento do pleito e novas regras de votação:

“Sugerimos adiar por algumas semanas. Mas a decisão é do Congresso. A sugestão do TSE é uma janela que vai de 15 de novembro até 20 de dezembro. Seria o limite para o segundo turno para que possamos dar posse até o dia 1.º de janeiro.”

O ministro também comentou sobre possíveis nova regras de votação:

“A ideia de estender o horário é muito provável que seja encampada, fazermos possivelmente de 8h às 20h. Com isso, ganharíamos três horas de votação. Recomendarmos, darmos preferência a faixas etárias por horário para evitar aglomeração também é uma ideia que está colocada.

Barroso completou:

“Possivelmente as pessoas mais idosas votariam na primeira hora da manhã. Já as eleições em dois dias têm dois problemas. O primeiro é que encarece muito cerca de R$ 180 milhões extras. O segundo é a segurança das urnas durante a noite.”

Referências: [1]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.