Português   English   Español

TSE tem reunião sobre impacto do WhatsApp nas eleições

TSE tem reunião sobre impacto do WhatsApp nas eleições

Integrantes do TSE sugeriram medidas de caráter disciplinar contra o WhatsApp.

Integrantes do Conselho Consultivo sobre Internet e Eleições do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizam nesta quarta-feira (17) uma videoconferência com representantes do WhatsApp para tratar do impacto do uso do aplicativo no pleito de 2018.

A reunião parte da avaliação do conselho de que a plataforma de troca de mensagens foi utilizada “de forma indevida” por grupos de usuários no primeiro turno.

Membros do conselho do TSE sugeriram medidas de caráter disciplinar contra o WhatsApp, cuja sede fica na Califórnia, nos Estados Unidos. Eles chegaram à conclusão de que o aplicativo foi o meio mais usado para a difusão de mentiras e montagens prejudiciais a determinados candidatos.

No sábado, dois dias depois de uma tensa reunião do Conselho Consultivo, dois ministros da Corte, Luiz Salomão e Carlos Horbach, emitiram decisões opostas sobre limites ao app.

Segundo o TSE, a principal preocupação são os conteúdos veiculados com o objetivo de “abalar a confiança do eleitor nas urnas eletrônicas e no sistema eleitoral brasileiro”.

Vídeos compartilhados pelo WhatsApp sugeriram a possibilidade de fraude nas eleições. A Polícia Federal investiga crimes relacionados ao pleito deste ano.

A reunião está marcada para amanhã às 15h.

 

Adaptado da fonte O Globo

Deixe seu comentário

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter