- PUBLICIDADE -

Turquia acusa França de ‘colonialismo’ e ‘espetáculo’ no Líbano

Erdogan diz que Macron está em 'estado de morte cerebral'

Críticos de Erdogan acontecem em um contexto de tensões crescentes entre Ancara e Paris.

- PUBLICIDADE -

Recep Tayyip Erdogan, mandatário da Turquia, acusou, nesta quinta-feira (13), seu homólogo da França, Emmanuel Macron, de intenções “colonialistas” no Líbano.

Segundo a revista IstoÉ, Erdogan classificou a visita recente de Macron a Beirute como um “espetáculo”:

“O que Macron e companhia querem é restaurar a ordem colonial. Para nós, tentar aparecer em fotos ou atuar em frente às câmeras não é o que nos interessa.”.

Na semana passada, após a explosão gigantesca em porto de Beirute, Macron fez uma visita bastante midiatizada a cidade.

O Líbano foi governado pela França de 1920 até sua independência, em 1943. Antes disso, se manteve sob um domínio do Império Otomano por quatro séculos.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -