Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Turquia afirma ter matado outros 55 soldados da Síria

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Turquia afirma ter matado outros 55 soldados da Síria
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

A Turquia mantém uma dúzia de postos de observação militar na província de Idlib, o último reduto das facções jihasdistas.

O Ministério da Defesa da Turquia afirmou, nesta quinta-feira (13), que pelo menos 55 soldados do exército da Síria morreram nos últimos ataques lançados contra alvos na província de Idlib, no norte do território sírio.

Em um comunicado, segundo a agência EFE, o regime islâmico turco declarou:

“Segundo as informações mais recentes, de várias fontes da região de Idlib, 55 soldados do regime foram neutralizados hoje.”

A Turquia usa o termo “neutralizar” para definir as baixas inimigas, tanto de mortos e feridos como de prisioneiros.

O regime de Recep Tayyip Erdogan informou que o ataque foi uma resposta aos 14 soldados turcos que morreram em combates em Idlib, a última região da Síria controlada por facções jihadistas.

De acordo com a Turquia, um total de 156 soldados do regime de Bashar al-Assad foram mortos nas últimas operações.

Erdogan deu ao exército sírio até o final do mês para se retirar de Idlib e ameaçou atacar suas forças em qualquer parte da Síria se eles atacarem novamente as tropas turcas.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram