Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Turquia exige que Curdos entreguem armas e abandonem fronteira

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Turquia exige que Curdos entreguem armas e abandonem fronteira

Apesar das críticas internacionais e das sanções dos EUA, Erdogan mantém tom desafiador.

Recep Tayyip Erdogan, líder do regime islâmico da Turquia, exigiu, nesta quarta-feira (16), que os combatentes Curdos na Síria entreguem as armas e abandonem a região na fronteira.

Segundo a agência AFP, Erdogan disse que esse caminho é a “forma mais rápida de resolver o problema na Síria”:

“Nossa proposta é que agora, esta noite, todos os terroristas entreguem as armas, equipamentos, tudo, que destruam todas as fortificações e abandonem a zona de segurança que estabelecemos.”

Nesta terça-feira (15), Erdogan conversou por telefone com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e disse que não negocia com terroristas, referindo-se aos Curdos.

“Nunca declararemos cessar-fogo, porque estamos estabelecendo uma zona de segurança na fronteira. Não tenho absolutamente nenhuma preocupação com sanções”, afirmou Erdogan em tom desafiante, segundo o jornal Gazeta do Povo.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias