Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Turquia já enviou 2 mil para prisão perpétua por suposto golpe de Estado

Turquia já enviou 2 mil para prisão perpétua por suposto golpe de Estado
COMPARTILHE

Quase 2.000 condenações à prisão perpétua por suposto golpe de Estado na Turquia.

Os condenados foram acusados de ligação com o fracassado golpe de Estado de julho de 2016 contra o presidente Recep Tayyip Erdogan, informou nesta terça-feira (18) a imprensa estatal.

Ancara acusa o pregador Fethullah Gulen, que vive no exílio nos Estados Unidos há cerca de 20 anos, de estar por trás da tentativa de golpe.

Desde o golpe fracassado, as autoridades turcas realizaram expurgos de alcance sem precedentes contra supostos partidários de Gulen, que nega qualquer envolvimento no caso. Mais de 55.000 pessoas foram presas e 140.000 demitidas ou suspensas.

Dos 289 julgamentos realizados desde a tentativa de golpe no país, 239 foram concluídos e o resultado é um total de 1.934 penas de prisão perpétua, segundo a agência estatal de notícias Anadolu.

Outras 1.123 pessoas foram condenadas a penas entre um e 20 anos de prisão, de acordo com a mesma fonte.

Adaptado da fonte AFP

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários