Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Turquia pede extradição de empresário turco-brasileiro

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Turquia pede extradição de empresário turco-brasileiro

Turquia alega que o empresário integra uma “organização terrorista”. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (25) por seu advogado e a Justiça.

O regime islâmico da Turquia pediu ao Brasil a extradição do empresário turco com nacionalidade brasileira Ali Sipahi.

Ali Sipahi, proprietário de um restaurante em São Paulo, foi preso preventivamente no dia 5 de abril, ao chegar ao Brasil.

Segundo nota do Supremo Tribunal Federal, o ministro Edson Fachin determinou, nos autos da Extradição 1578, o interrogatório do cidadão turco.

Ele é acusado de integrar uma organização terrorista que, em 2016, tentou um golpe armado contra o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan. Sua prisão foi decretada pelo relator em 19 de março deste ano.

O advogado Theo Dias, que defende o empresário, disse à agência AFP que trata-se de “um caso de evidente abuso de parte de governo turco”, e que pedirá a revisão “do pedido de prisão preventiva para que Sipahi possa aguardar o julgamento da extradição em liberdade”.

A prisão de Sipahi, 31 anos, causou preocupação entre outros membros da comunidade turca no Brasil, que temem ser alvo de medidas similares a pedido do governo em Ancara.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email