Turquia pede que nações muçulmanas revejam laços com Israel

A Turquia condenou firmemente a violência na fronteira com Israel, protestando contra a transferência da embaixada norte-americana a Jerusalém.

O primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, apelou para que os Estados muçulmanos revisem suas relações com Israel em meio aos eventos na Faixa de Gaza.

Ontem (14), o líder do regime islâmico resolveu convocar seus embaixadores nos Estados Unidos e Israel e convocar em seguida uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU.

Recep Tayyip Erdogan também qualificou Israel como “Estado terrorista”, descrevendo suas ações contra palestinos como “genocídio”.

Com informações de: [Sputnik]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia