Português   English   Español
Português   English   Español

Turquia prende 186 pessoas por criticar invasão da Síria na internet

Turquia prende 186 pessoas por criticar invasão da Síria na internet
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A liberdade de imprensa e de expressão na Turquia de Erdogan foram severamente afetadas desde a suposta tentativa de golpe em 2016.

O governo da Turquia colocou 186 pessoas sob detenção preventiva por críticas contra a invasão militar no norte da Síria publicadas nas redes sociais.

Segundo a agência oficial Anadolu, os detidos foram acusados de “propaganda terrorista”. O líder do regime islâmico, Recep Tayyip Erdogan, classifica os Curdos como terroristas.

Das 186 pessoas detidas desde o início da ofensiva, em 9 de outubro, 24 foram formalmente presas e 40 foram libertadas sob controle judicial, enquanto as demais permanecem preventivamente detidas, informa a agência AFP.

As ONGs estão denunciando com frequência a deterioração das liberdades de imprensa e expressão na Turquia, sob a liderança de Erdogan, especialmente após uma suposta tentativa de golpe de Estado em 2016.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!