Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Turquia prende mais de 700 opositores de Erdogan

COMPARTILHE

Quatro anos após a suposta tentativa de golpe, Erdogan segue prendendo opositores.

A Justiça da Turquia mandou prender, nesta terça-feira (18), 766 pessoas suspeitas de ligação com o clérigo exilado Fethullah Gulen.

Gulen é acusado pelo regime islâmico de Recep Tayyip Erdogan de ter orquestrado o fracassado golpe de Estado de 15 de julho de 2016.

Os mandados de detenção atingiram militares, policiais e até funcionários do Ministério da Justiça, destaca a agência ANSA.

Desde a suposta tentativa de golpe de 2016, Erdogan já promoveu o expurgo de mais de 140 mil servidores públicos e militares. 

Dezenas de milhares de críticas do regime também foram presas por suposta conexão com Gulen.

Líder do movimento “Hizmet”, o clérigo vive nos Estados Unidos e acusa Erdogan de ter encenado o golpe para concentrar o poder em suas mãos e perseguir adversários.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários