TV da Suécia descreve jovens estupradores como “vítimas”

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Um programa de televisão da Suécia reagiu ao brutal estupro de uma mulher por um grupo de jovens na cidade de Malmö, referindo-se repetidamente aos estupradores como “vítimas”.


Uma mulher do distrito de Lindängen em Malmö foi drogada e violentamente abusada durante um ataque no mês passado por um grupo de jovens com a faixa etária de 13 a 16 anos.

A emissora estatal SVT respondeu ao ataque retratando os estupradores com uma certa simpatia. Um âncora afirmou durante a reportagem:

Como os suspeitos têm menos dezoito anos de idade, as autoridades sociais foram acionadas, e jovens que cometem esse tipo de crime são muitas vezes considerados vítimas também.

O assistente social, Martin Facks, foi entrevista e repetiu a narrativa:

Como sempre, quando as crianças fazem coisas terríveis, como se envolver em comportamento criminoso, nós dos serviços sociais sempre os vemos como vítimas até certo ponto.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

Um porta-voz da polícia também falou com simpatia sobre os estupradores, afirmando que eles não compreenderam completamente que haviam cometido um crime horrível.

O jornalista independente Joakim Lamotte demonstrou indignação com a narrativa propagada pela grande mídia sueca por ignorar a situação da vítima.

Aqui temos um jornalista, um assistente social e um policial. Nessa reportagem, eles não mencionam a garota nem uma vez. Em vez disso, eles continuam repetindo que os garotos são vítimas. Como isso é possível?

Ele continuou:

É de se estranhar que não consigamos nos livrar dessa onda de es estupros em grupo na Suécia quando temos essas pessoas em posições de poder? Nós temos que parar de cuidar desses bárbaros e levar as histórias das mulheres a sério!

Como de costume por lá, a reportagem não citou a origem dos estupradores. Mas, desde que decidiu abrir as portas para centena de milhares de imigrantes ilegais da África e Oriente Médio, os índices de violência da Suécia estão subindo de forma vertiginosa, principalmente os ataques sexuais.

Com informações de: [PP]

RENOVA Mídia precisa do seu apoio para continuar em funcionamento. Conheça nossa história e faça sua doação (boletou ou cartão) através da plataforma ApoiaSe. Clique AQUI e faça sua parte.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...