Twitter bloqueia revista satírica da Alemanha após piada

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

No início de 2018, uma nova lei contra o discurso de ódio nas redes sociais entrou em vigor e fez de uma parlamentar de direita a sua primeira vítima.

Deputada alemã do partido de direita AfD, Beatrix von Storch, está sendo acusada de “incitação ao ódio” após criticar publicação da polícia da cidade de Colônia.

A nova legislação obriga redes sociais a excluir conteúdos supostamente ofensivos e a bloquear usuários.

Horas depois deste tuíte acima, a revista de humor político Titanic publicou uma mensagem satirizando a deputada direitista.

Nesta quarta-feira (03/01), a revista afirmou que sua conta no Twitter foi bloqueada por ter publicado a sátira. Com a nova lei, as redes sociais podem receber multas de até 50 milhões de euros caso não consigam remover o discurso de ódio prontamente.

“Estamos chocados”, disse Tim Wolff, editor do Titanic, no site da revista, acrescentando que a chanceler Angela Merkel tinha prometido que a nova lei não teria esse tipo de efeito.

 

Com informações de: (1)

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.