Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Twitter coloca selo azul em conta de político que não existe

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Twitter coloca selo azul em conta de político que não existe
Imagem: Reprodução

Twitter alega ter suspendido o processo de verificação de contas em 2017, mas segue distribuindo o cobiçado selo azul.

O Twitter derrubou o processo de verificação em 2017 sob a justificativa de que o recurso foi mal interpretado pelo público. 

De acordo com a rede social, o sistema deveria servir como um indicativo de que a conta em questão era mantida por pessoas e entidades reais, mas a maioria das pessoas interpretou a verificação como um símbolo de status.

Anteriormente, qualquer usuário poderia solicitar o selo azul desde que atendesse certos quesitos. Agora, a verificação é concedida a determinados perfis de forma misteriosa.

O Twitter prometeu que reativaria o sistema para torná-lo acessível a todos, mas até o presente momento nada foi apresentado. 

Na prática, o sistema de verificação foi transformado em um símbolo de status e endosso, já que hoje, só recebe o selo quem a rede social julgar merecedor, sob seus próprios critérios.

Em entrevista ao CNN Business, publicada no dia 28 de fevereiro, um adolescente de 17 anos — cujo nome não foi revelado — afirmou que o processo de verificação do Twitter poderia ser facilmente burlado.

Para provar sua afirmação, ele criou o perfil de Andrew Walz, um suposto político republicano de Rhode Island concorrendo a uma vaga no Congresso.

Alguns meses depois o Twitter concedeu o selo a Walz, mesmo com ele tendo pouco mais de 10 seguidores.

O jovem afirma que não promoveu a conta, já que não era a intenção dele enganar o público e sim, burlar o sistema de verificação do Twitter.

A conta de Andrew Walz só foi cancelada quando a equipe do CNN Business entrou em contato com o Twitter. 

“A criação de um candidato falso é uma violação das regras, e a conta foi suspensa permanentemente”, explicou a rede social, segundo o site Meio Bit.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias