- PUBLICIDADE -

Twitter ignora mentiras da China e da esquerda radical, diz Trump

Twitter ignora mentiras da China e da esquerda radical, diz Trump
- PUBLICIDADE -

“Este tuíte violou as regras sobre glorificar a violência”, diz Twitter após restringir mensagem de Trump.

O Twitter restringiu uma mensagem de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, sobre os protestos na cidade de Minneapolis por considerar que o texto “glorifica a violência”. 

Embora considere que o tuíte viola suas regras, a rede social decidiu que o texto não será censurado completamente.

Na mensagem, o chefe da Casa Branca escreveu que os militares seriam enviados à cidade, para conter a violência depois de três dias de distúrbios violentos.

“Esses bandidos estão desonrando a memória de George Floyd, e eu não deixarei isso acontecer. […] Quando os saques começam, os tiroteios começam”, escreveu Trump.

Não está claro na mensagem se Trump enviou um alerta aos saqueadores ou se estava apontando para uma possível elevação na intensidade dos distúrbios.

Apesar disso, o Twitter disse que a mensagem “violou as regras” pro “glorificar violência”:

“Este tuíte violou as regras do Twitter sobre glorificar a violência. No entanto, o Twitter determinou que pode ser do interesse do público que o tuíte permaneça acessível.”

Na manhã de hoje, Trump acusou¹ a rede social de perseguição contra “republicanos, conservadores e o presidente dos Estados Unidos”:

“O Twitter não está fazendo nada sobre todas as mentiras e propagandas divulgadas pela China ou pelo Partido Democrata da Esquerda Radical. Eles têm como alvo republicanos, conservadores e o presidente dos Estados Unidos. A seção 230 deve ser revogada pelo Congresso. Até lá, será regulamentado!”

Na tarde de ontem, Donald Trump assinou um decreto² para combater atos de censura praticados pelas gigantes tecnológicas, principalmente nas redes sociais.

“[As redes sociais] têm poderes para censurar, restringir, editar, moldar, esconder e mudar virtualmente qualquer forma de comunicação entre cidadãos e a grande audiência do público”, disse Trump.

Referências: [1][2]
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -