Português   English   Español

Twitter monitora suas mensagens privadas

Projeto Veritas continua sua série de reportagens sobre os mecanismos utilizados por funcionários do Twitter para manter o controle da rede social.

Em novo vídeo divulgado nessa segunda-feira (15/01), funcionários do Twitter admitiram que a rede social lê as mensagens privadas, analisa as preferências dos usuários e criam “perfis virtuais” para vender aos anunciantes.

A gravação mostra declarações de quatro engenheiros de software da empresa: Conrado Miranda, Clay Haynes, Pranay Singh e Mihai Alexandru Florea.

Pranay Singh declarou em 5 de janeiro de 2018:

Então, o que acontece é que quando você escreve algo ou publica fotos online, elas nunca desaparecem… Porque, mesmo depois de enviá-las, as pessoas estão analisando, para ver no que você está interessado, para ver sobre o que você está falando. E eles vendem esses dados.

Segundo o especialista em software, Mihai Florea:

Para receber o dinheiro dos anunciantes, temos que provar quem é você. Para isso, usamos o endereço de e-mail, um cookie ou algo que possa identificá-lo. Basicamente, você está pagando pelo direito de usar nosso site com seus dados.

Até mesmo aqueles sem contas do Twitter têm seus dados armazenados nas bases de dados da rede social, de acordo com Conrado Miranda:

Você vaza mais informações do que imagina. Nós temos informações das pessoas. Se você for ao Twitter pela primeira vez, nós teremos informações sobre você.

Clay Haynes expressou seu desconforto com as políticas do Twitter em uma reunião no dia 29 de dezembro de 2017:

É um Big Brother assustador. É de um nível… Não quero dizer que isso me aterroriza, mas me deixa desconfortável.

Semana passada, o Projeto Veritas divulgou vídeo comprovando que o Twitter reduz alcance de conteúdos conservadores na rede social.

Com informações de: (1)

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter