PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Twitter não revela informações sobre perfil Pavão Misterioso

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Empresa disse que não tinha obrigação legal de fornecer os dados do usuário que fez acusações a ministro do STF.

A rede social Twitter negou um pedido feito por membros da Procuradoria-Geral da República (PGR) que queriam ter acesso a informações do responsável pela conta “Pavão Misterioso”.

Dias atrás, os perfis @pavaomisterio38 e @misterios_pavao publicaram que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, havia solicitado o emprego de “snipers” durante os atos a favor do presidente da República, Jair Bolsonaro

A publicação foi apagada em seguida, mas Moraes compartilhou¹ um print em seu perfil oficial no Twitter. “Lamentável que milícias digitais, criminosamente, inventem mensagens e perfis falsos e mentirosos”, disse o ministro na ocasião.

O Ministério Público instaurou um procedimento e solicitou ao Twitter dados como a identidade e o endereço de email do(s) internauta(s).

A gigante tecnológica dos Estados Unidos respondeu que não tinha obrigação legal de atender ao pedido da PGR e alegou² que não possui tais dados.

Referências: [1][2]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.