Português   English   Español

U2 declara apoio ao aborto na Irlanda e deixa fãs revoltados

A popular banda de rock irlandesa U2 demonstrou apoio à legalização do aborto na Irlanda e foi alvo de uma onda de críticas de fãs revoltados com o posicionamento do grupo.

Depois que o perfil oficial da banda U2 tuitou uma foto endossando a campanha “Revogue a Oitava” acerca do referendo sobre o aborto que acontecerá no dia 25 de maio na Irlanda, os fãs deram início a uma enxurrada de mais de 800 respostas negativas, com muitos expressando sua decisão de parar de seguir a banda e assistir aos shows.

A Oitava Emenda à Constituição, promulgada pelo povo irlandês em 1983, estabelece direitos iguais para a mãe e para o feto. Caso a população escolha rejeitar a emenda, caberá ao parlamento fazer a regulamentação do tema.

Os fãs cristãos pareciam particularmente chateados com a decisão da banda de promover a campanha de revogação, uma vez que o próprio Bono Vox professa ser cristão e por muitas vezes utilizou sua popularidade em defesa dos mais fracos e vulneráveis.

Ao expressar seu descontentamento com o U2, um homem disse que sua decepção resultou do fato de que a banda promove “valores cristãos” e ainda assim faz o oposto na questão do aborto.

 

Matéria traduzida e adaptada de Breitbart

Deixe seu comentário

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter