Português   English   Español

Ucrânia pede pressão do Brasil contra ‘agressões da Rússia’

O Embaixador da Ucrânia, Rostyslav Tronenko, pediu nesta quinta-feira (29) que o Brasil exerça pressão política junto aos mecanismos internacionais contra o que chamou de “agressões da Rússia”.

Três navios da Marinha da Ucrânia foram capturados na tarde de domingo (25) quando tentavam deixar uma área próxima de uma ponte no estreito de Kerch, o único acesso para o mar de Azov.

O ataque foi desferido por navios, caças e helicópteros da Rússia. Os 24 tripulantes – entre eles ao menos três feridos – foram capturados pelas forças especiais russas e estão presos naquele país.

Segundo o embaixador Rostyslav Tronenko:

Nós queremos a paz, mas a paz não depende de nós, depende do Senhor Putin. Não queremos que se repita 2014 quando formos atacados e estávamos despreparados. Estamos em uma área geopoliticamente de interesse da Rússia e somos reféns dessa situação.

Apesar do pedido ao Brasil, o diplomata da Ucrânia assegurou que “não somos suicidas de achar que ganharíamos algo com uma guerra contra a Rússia. São nossos vizinhos e um grande mercado para a Ucrânia”.

 

Adaptado da fonte Câmara

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter