- PUBLICIDADE -

UE alerta China por ações contra autonomia de Hong Kong

União Europeia diz que é preciso 'ter medo' de empresas da China

- PUBLICIDADE -

UE prometeu desenvolver uma resposta coordenada em apoio à autonomia de Hong Kong.

Josep Borrell, chefe da diplomacia da União Europeia, alertou, nesta segunda-feira (13), a China que o bloco vai coordenar medidas para apoiar a população de Hong Kong.

Após uma reunião com os ministros das Relações Exteriores da UE em Bruxelas, segundo a revista IstoÉ, Borrel declarou:

“A União Europeia desenvolverá uma resposta coordenada em apoio à autonomia de Hong Kong.”

E, em recado a Pequim acrescentou:

“Adotamos hoje duas mensagens, uma de apoio à autonomia e às liberdades fundamentais de Hong Kong e outra, para a China, de que as medidas terão um impacto em nossas relações.”

Por sua vez, Heiko Maas, ministro das Relações Exteriores da Alemanha, acrescentou:

“Hoje, com a França, propusemos adotar uma posição europeia sobre como trataremos Hong Kong no futuro quando a lei de segurança for aplicada.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -