PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

UE ameaça punir Hungria por lei que protege crianças

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

UE diz que lei da Hungria “coloca a homossexualidade no nível da pornografia”.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Ursula Von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, alertou, nesta quarta-feira (7), a Hungria para que altere a lei contra a “promoção da homossexualidade“. 

Caso contrário, a União Europeia acionará um processo interno de punição.

Em discurso no plenário do Parlamento Europeu, Von der Leyen comentou:

“Os chefes de Estado e de governo conduziram uma discussão muito pessoal e emotiva sobre a lei húngara que, praticamente, coloca a homossexualidade no nível da pornografia.” 

E acrescentou:

“Essa lei não serve para a proteção das crianças, mas é um pretexto para discriminar. Essa lei é vergonhosa.”

Von der Leyen completou:

“Nós não podemos ficar olhando quando há regiões que se declaram livres dos LGBTQIA+. Não deixaremos nunca que parte de nossa sociedade seja estigmatizada por causa do que é, do que pensa, da etnia, das opiniões políticas ou credos religiosos. Não esquecemos que quando defendemos parte das nossas sociedades, nós defendemos a liberdade de toda a nossa sociedade.”

Como noticiou a Renova, o presidente Viktor Orbán segue rebatendo as críticas da UE à legislação.

Orbán afirma que a Hungria não permitirá que “os autoproclamados apóstolos da democracia liberal” cuidem da educação dos filhos no lugar dos pais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.