Português   English   Español
Português   English   Español

UE aprova regime de sanções contra ditadura da Nicarágua

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Nicarágua vive uma grave crise desde abril de 2018, quando os protestos contra uma reforma previdenciária foram contidos com violência.

A União Europeia adotou, nesta segunda-feira (14), um regime de sanções pela crise política e a situação dos direitos humanos na Nicarágua.

O bloco econômico da Europa também pediu à ditadura de Daniel Ortega que retome as negociações com a oposição.

Apesar da adoção do marco jurídico, a UE evitou aplicar sanções contra autoridades do país latino-americano, mas com a advertência de que fará isto em caso de “posterior deterioração dos direitos humanos e do Estado de direito”, informa o site UOL.

Enfrentando protestos desde abril de 2018, o regime Ortega implementou uma repressão que já deixou mais de 325 mortos, quase 70 mil exilados, centenas de opositores detidos e uma profunda recessão econômica. 

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!