- PUBLICIDADE -

UE não reconhece reeleição do presidente de Belarus

UE não reconhece reeleição do presidente de Belarus

O povo de Belarus tem o direito de decidir seu futuro e livremente eleger seu líder”, diz líder europeu.

- PUBLICIDADE -

A União Europeia anunciou, nesta quarta-feira (19), que não reconhece as eleições presidenciais realizadas em Belarus no dia 9 de agosto.

O bloco europeu também afirmou que irá impor sanções contra autoridades por conta da repressão registrada contra as manifestações diárias que se seguiram ao pleito, que culminou com a reeleição de Aleksandr Lukashenko

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, e a líder da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, afirmaram que as eleições em Belarus “não foram livres, corretas e correspondentes aos critérios internacionais” como também foram “fraudadas”.

“O povo de Belarus tem o direito de decidir seu futuro e livremente eleger seu líder. Violências contra os manifestantes são inaceitáveis e não podem ser permitidas”, acrescentou Michel durante sua entrevista após o encontro, informa o portal Terra.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -