Português   English   Español

UE quer fechar acordo com Mercosul antes da posse de Bolsonaro

Declarações do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, de que o bloco sul-americano não será prioridade preocuparam os europeus.

O acordo comercial entre Mercosul e União Europeia – em negociação há quase 20 anos, mas já na reta final – ganhou um novo impulso após as declarações de Paulo Guedes, futuro chefe do Ministério da Economia, de que o bloco sul-americano não será prioridade no novo governo.

A intenção, segundo o presidente da delegação do Parlamento Europeu para as relações com o Mercosul, o deputado português Francisco Assis, é tentar fechar algum tipo de entendimento comercial ainda durante o governo de Michel Temer.

O parlamentar europeu afirmou:

Estamos preocupados. Há uma enorme incógnita sobre qual será o futuro do Mercosul e, portanto, sobre como ocorrerá essa relação de negociação com a União Europeia.

Segundo ele, o Mercosul entregou uma proposta aos europeus no dia 24 de outubro.

“Haverá uma tentativa por parte da UE de fazer uma contraproposta”, disse.

A negociação com o Mercosul entrou na pauta da reunião da UE da próxima quarta-feira, com a comissária de comércio exterior do bloco, a sueca Cecilia Malmström.

 

Adaptado da fonte Estadão

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter