Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

UE sai em defesa da OMS após alerta de Trump

UE sai em defesa da OMS após alerta de Trump
COMPARTILHE

UE entende que uma ação contra a OMS sobre a pandemia deve ser estudada “quando for a hora certa”.

A União Europeia manifestou, nesta terça-feira (19), seu apoio à Organização Mundial da Saúde (OMS). 

O posicionamento do bloco econômico europeu acontece após o presidente Donald Trump, dos Estados Unidos, ameaçar suspender permanentemente o financiamento da OMS por causa da má gestão da pandemia de coronavírus.

A porta-voz da diplomacia europeia, Virginie Battu, declarou:

“É hora de solidariedade, não de apontar o dedo, ou minar a cooperação multilateral […] A UE apoia os esforços da OMS.”

Battu acrescentou que, para a UE, “os esforços multilaterais são a única opção eficaz e viável para vencer esta batalha”, destaca a agência France-Presse.

Em uma carta ao diretor da OMS, Tedros Adhanom, o presidente norte-americano listou o que considera os “passos em falso” da organização e insta a “demonstrar independência da China”.

“Se a OMS não se comprometer com melhorias significativas nos próximos 30 dias, tornarei a suspensão temporária de fundos à OMS permanente e reconsiderarei a nossa participação na agência”, disse Trump, como noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE