UFRJ rejeitou proposta de U$ 80 milhões do Banco Mundial

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Reforma milionária foi rejeitada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) há cerca de 20 anos, pois implicava em transformar a instituição em fundação de direito privado.

O Museu Nacional chegou perto de fugir do controle da UFRJ há cerca de 20 anos.

Na época, Israel Klabin, ex-prefeito do Rio e do grupo de papel e celulose que leva o nome da família, obteve recursos no exterior para custear a reforma da instituição, segundo o sociólogo Simon Schwartzman, ex-presidente do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (Iets).

Na segunda-feira (3), um dia após o incêndio no museu, Schwartzman publicou um relato em sua página no Facebook sobre o episódio.

‘Lembro que uns 20 anos atrás houve projeto de transformar o museu em uma fundação de direito privado e conseguir recursos privados nacionais e internacionais para dar a ele as condições de preservação e funcionamento compatíveis com a importância do prédio e do acervo. Não foi possível, porque isto significaria retirá-lo da UFRJ, que nunca teve condições de gerenciar um museu deste porte, mas não abria mão de seu controle’, escreveu o sociólogo.

Simon Schwartzman, que está fora do país, explicou que ouviu do próprio Klabin sobre o projeto.

O empresário — formado em engenharia civil e matemática pela Universidade do Brasil, hoje UFRJ — teria obtido US$ 80 milhões junto ao Banco Mundial para financiar a reforma do Museu Nacional, informou o site Brazil Journal.

A instituição financeira, contudo, impunha como condição à liberação dos recursos que o museu tivesse gestão independente. A ideia era transformá-lo em organização social, entidade privada sem fins lucrativos que recebe subvenção do estado para prestar serviços de interesse público.

A proposta foi rejeitada pela UFRJ.

Procurados, a universidade e o Museu Nacional não responderam até o fechamento desta edição. Israel Klabin não atendeu o GLOBO.

 

Adaptado da fonte O Globo
Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações