Português   English   Español

Um terço dos médicos da Venezuela já abandonou o país

Um terço dos médicos da Venezuela já abandonou o país

O escritório regional da OMS constatou a progressiva perda de capacidade operacional no sistema de saúde da Venezuela.

O colapso da economia da Venezuela vem intensificando a deterioração do sistema de saúde do país, afetando o acesso ao tratamento gratuito e livre acesso a remédios.

Em documentos internos, a Organização Pan-americana de Saúde (Opas) alerta para a fuga de um a cada três médicos venezuelanos.

Um relatório da Opas, o escritório regional da Organização Mundial de Saúde (OMS), afirmou:

Uma progressiva perda de capacidade operacional no sistema de saúde, nos últimos cinco anos, foi intensificada em 2017 e 2018, afetando o acesso ao tratamento gratuito e livre acesso a remédios.

A informação foi utilizada como base de um encontro fechado realizado na semana passada em Washington para mapear a crise.

Os dados batem de frente com a versão oficial, dada na ONU pelo chanceler venezuelano, Jorge Arreaza, que garantiu que a saúde gratuita estava garantida no país.

Renova Mídia já vem publicando informações sobre esta crise na saúde venezuelano há algum tempo.

Adaptado da fonte Correio Braziliense

Deixe seu comentário

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter