União Europeia anuncia sanções contra autoridades da Venezuela

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A União Europeia irá impor sanções econômicas contra 11 autoridades venezuelanas em protesto pela fraudulenta reeleição do ditador Nicolás Maduro.

O bloco não considerou o processo eleitoral livre ou justo, informaram diplomatas da UE.

As proibições de viagem e congelamento de bens, impostos no mês de maio, se somarão a medidas contra outras sete autoridades graduadas da Venezuela que o bloco sancionou em janeiro.

As sanções não atingem o ditador Maduro diretamente, porque a União Europeia tenta pressionar aqueles ao seu redor primeiro.

O bloco, o terceiro maior parceiro comercial da Venezuela depois dos Estados Unidos e da China, está tentando isolar Caracas e ajudar a pôr fim ao que vê como um regime autoritário que está arruinando a economia do país e provocando a escassez de alimentos.

 

Com informações de BOL

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.