- PUBLICIDADE -

União Europeia apela por eleições livres na Venezuela

União Europeia faz apela por eleições livres na Venezuela

- PUBLICIDADE -

A União Europeia fez um apelo na noite desta quarta-feira (23) pele realização de “eleições livres e credíveis” na Venezuela.

A declaração do bloco europeu é uma resposta a decisão do presidente da Assembleia Nacional venezuelana, Juan Guaidó, de declarar-se presidente interino da Venezuela.

A nota divulgada pela União Europeia, no entanto, não menciona diretamente a iniciativa de Guaidó.

Dessa forma, o bloco globalista não segue a mesma linha dos Estados Unidos, Brasil e de diversas outras nações.

Em nota, a Alta Representante para a Política Externa da União Europeia, Federica Mogherini, afirmou:

“A UE apela fortemente ao início de um processo político imediato que conduza a eleições livres e credíveis, em conformidade com a ordem constitucional.”

Mogherini, segundo “O Globo“, ressaltou:

“Em 23 de janeiro, o povo da Venezuela pediu massivamente a democracia e a possibilidade de determinar de forma livre seu próprio destino. Estas vozes (das ruas) não podem ser ignoradas.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -