União Europeia pede ao Mercosul completa eliminação de tarifas em pelo menos 90% das importações

Segundo fontes, a disposição da Argentina é grande para assinar o acordo, enquanto parceiros dizem que há algumas sensibilidades que precisam de maior atenção.

De acordo com informações do Valor Econômico:

A União Europeia (UE) demanda ao Mercosul completa eliminação de tarifas em pelo menos 90% das importações procedentes dos 27 países comunitários, sem exclusão de qualquer setor, conforme documento europeu ao qual o Valor teve acesso.

A UE calcula que já oferece ao Mercosul completa liberalização de 92% do que importa do bloco, com período de transição de no máximo dez anos, sendo 74,4% liberalizado já quando o acordo birregional entrar em vigor.

Negociador do Mercosul diz que, na prática, falta só um ponto percentual para atender a UE em termos de abertura. Diz que a oferta feita aos europeus na semana passada já elevou de 87% para 89% a cobertura da liberalização futura para os europeus. A dificuldade é que a UE ainda não melhorou as cotas para carne bovina e etanol.

“Estamos fazendo tudo para poder fechar [o acordo]”, disse o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes. “Queremos o mais rapidamente possível, [mas] não sei se a negociação vai concluir [aqui].”

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia