Português   English   Español

Universidade processada por rejeitar clube de estudos católico

A organização foi extinta por desobedecer regra que exige não utilizar critérios religiosos para selecionar líderes. Estudantes questionam a universidade: como um grupo católico poderia ser liderado por uma pessoa sem fé?

Após expulsar vários estudantes com orientação religiosa de seu campus por “discriminação”, a Universidade de Iowa está sendo processada por discriminação religiosa.

A University of Iowa Chapter of InterVarsity Christian Fellowship (Aliança Bíblica Universitária da Universidade de Iowa, em tradução livre) foi um dos clubes de estudantes expulsos do campus por por desobedecer regra que exige não utilizar critérios religiosos para selecionar líderes.

A Aliança Bíblica Universitária procurou o Becket Fund for Religious Liberty (Fundo Becket para Liberdade Religiosa), um grupo legal sem fins-lucrativos, e processou a universidade por violar os direitos da primeira emenda da constituição americana (que diz respeito às liberdades religiosas e de expressão).

O processo alega que, em primeiro de junho, a universidade “enviou um email para os líderes da Aliança Bíblica Universitária informando que eles tinham até dia 15 de junho para mudar seu processo de seleção de líderes, ou perderiam seu registro.”

Também de acordo com o processo, o grupo respondeu “enfatizando a importância de uma liderança cristã” para o grupo cristão, mas a faculdade rejeitou o pedido [de rever a suspensão].

“A Universidade ainda declarou que os líderes do grupo não poderiam ser sequer ‘fortemente encorajados’ a concordar com a fé da Aliança Bíblica”.

A universidade alega já ter proibido diversos outros grupos pelo mesmo motivo, incluindo iniciativas muçulmanas e sionistas.

 

Com informações da Gazeta do Povo

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter