USP, Unicamp e mais oito universidades com aulas suspensas

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Faculdades e escolas por todo o Brasil cancelaram suas atividades nesta segunda-feira em razão da paralisação dos caminhoneiros.

A Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) anunciaram a suspensão de atividades acadêmicas por causa dos reflexos da greve dos caminhoneiros. Ao menos mais oito universidades públicas também cancelaram as aulas.

A USP comunicou na noite deste domingo (27) que as atividades da graduação estão suspensas nesta segunda, terça e quarta-feira. Para a pós-graduação e extensão, cada unidade irá decidir sobre a realização das aulas. Já a Unicamp, que havia suspendido as atividades na sexta-feira manteve a decisão.

De acordo com informações da VEJA:

Outras universidades, como a Federal de Minas Gerais (UFMG), de Santa Catarina (UFSC), do Rio de Janeiro (UFRJ), de Brasília (UNB), da Bahia (UFBA), Paraná (UFPR), do Sergipe (UFS) e Rio Grande do Norte (UFRN) também cancelaram as atividades desta segunda-feira.

Na sexta, ao menos 11 universidades públicas também haviam suspendido parcial ou totalmente as atividades acadêmicas e administrativas. Em oito instituições, as aulas foram canceladas e em outras duas, a reitoria recomendou que os professores não aplicassem atividades de avaliação.

O mesmo acontece na rede privada, onde as aulas foram suspensas pelas Estácio de Sá, PUC-RS e Faculdade Getúlio Vargas (FGV), nas unidades de Campinas, Piracicaba, Americana e Jundiaí.

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações