Vacina da Johnson & Johnson produz anticorpos em 90% dos casos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Dose única da vacina Ad26.COV2.S induziu a uma forte resposta na maioria dos receptores.

A vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Johnson & Johnson obteve indicadores de segurança nas primeiras duas fases dos ensaios clínicos.  

O imunizante, cujo diferencial é a aplicação em dose única, produziu anticorpos em mais de 90% dos participantes. 

Em nota, os pesquisadores da área farmacêutica da J&J afirmam:  

“Uma dose única da vacina Ad26.COV2.S induziu a uma forte resposta na maioria dos receptores, com a presença de anticorpos neutralizantes em mais de 90% dos participantes, independentemente da faixa etária ou da dosagem.” 

Os anticorpos aumentaram e se estabilizaram ao longo de uma análise de 71 dias, sugerindo a durabilidade da imunização. 

 O governo do Brasil planeja disponibilizar 3 milhões de doses da vacina no 2º trimestre de 2021, e mais 8 milhões no 3º trimestre e 27 milhões no 4º trimestre. 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.