Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Vacina da Rússia contra o coronavírus tem eficácia de 91,6%

Vacina da Rússia contra o coronavírus tem eficácia de 91,6%
COMPARTILHE

A vacina é produzida desde o fim de janeiro no Brasil pela farmacêutica União Química.

A vacina Sputnik V, desenvolvida pelo laboratório Nikolay Gamaleya, da Rússia, atingiu uma eficácia de 91,6% na prevenção da Covid-19 nos testes de fase 3. 

A informação está presente num artigo revisado por pares publicado na prestigiada revista científica Lancet nesta terça-feira (2).  

A vacina é produzida desde o fim de janeiro no Brasil pela farmacêutica União Química, representante do Gamaleya e do Fundo de Investimentos Direto Russo (RDIF) no país, em escala inicial.  

Um pedido de uso emergencial foi protocolado pela companhia no dia 16 de janeiro junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mas foi negado pela reguladora por não atender pré-requisitos.  

A regulamentação brasileira prevê que, para liberar o uso extraordinário, é necessário que ensaios clínicos tenham sido conduzidos no Brasil, o que não aconteceu. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários